BTT

22:52

Não deixes que o Inverno estrague as tuas voltas!

Publicada por Unidos Pelo Pedal

Olá a todos a criação deste post deve-se ao facto de ter visto um artigo num site da especialidade(bike radar)em como fazer uma pequena manutenção de maneira a prolongarmos a vida útil de alguns componentes que levam mesmo coça.Achei interessante resumir para o nosso blog pois decerto poderá ter alguma utilidade para voçês no futuro.

Irei então começar pelos pedais pois estes sofrem um grande desgaste e convém retirá-los do braço pedaleiro com chave própria(chave allen 6/8 mm ou chave de fendas 15 mm)

Depois de retirados com um pano que não largue pêlo limpar bem o mesmo e verificar se não existe danos no pedal e ranhura de aperto.Passar massa lubrificante e apertar novamente os pedais.Ter atenção para não trocar os pedais ESQUERDA E DIREITA! (maior parte dos fabricantes já identifica com L(Left) e r(Right) ).


Faz todo o sentido falar agora do clip de encaixe das sapatilhas pois é outro do elemento que quando está qs qs a arrebentar pode estragar bem o teu treino ou prova(a mim aconteceu-me nesta ultima em que o parafuso foi-se e o clip saiu do sitio)
Aqui aconselha-se a retirar os parafusos (chave allen 4 mm normalmente)e girar a chave ao contrario dos ponteiros do relógio.Poderá acontecer que o parafuso não queira sair e aí a melhor solução será tentar retirar o clip á pressão ou cortando o parafuso mas estas operações poderão danificar o sistema de encaixe da tua sapatilha portanto não deixes chegar a esta situação verifica periódicamente os encaixes e apertos.

Depois dos clips estarem fora basta limpar com um pano seco e depois lubrificar os parafusos(massa lubrificante) e os encaixes onde os mesmos apertam( se possivel os 4) pois assim até se previne que a água penetre na sola da sapatilha.Se os clips estiverem muito danificados e tenham dado luta a serem retirados está na hora de os substituir!


Agora vou falar do espigão do assento .Aqui a lama tem aptidões para «agarrar» onde não deve e em conjunto com areias e água quando se ajusta a altura esta camada de sujidade estraga o «aspecto» geral do espigão principalmente se for carbono(muito caro)e poderá impedir que o pino que regula a altura do mesmo não saia do sitio .Recomenda-se então depois de retirar o espigão limpar bem todas as impurezas e no interior do tubo colocar massa lubrificante como também no seu exterior.no caso de ser de carbono(seus sortudos) aplicar uma massa própria para carbono(ver imagem) e passar por todo o espigão depois de limpo.


Outro dos componentes ao qual só «usamos» em caso de furo ou para afinação das rodas é os apertos rápidos apesar de serem pequenos são fundamentais para segurar as rodas.Em muitos casos muita gente sós os retira ao final de muitos anos e claro está estarão todos deteriorados pela ferrugem.Aqui recomenda-se retirá-los e com spray próprio de lubrificação ou anti ferrugem(ex.WD40)passar abundantemente e deixar actuar sobre o veio.

Ter atenção para colocar bem as molas(normalmente ao tirar memorizar a posição das ditas e não te enganas) que acompanham o aperto e verificar a sua condição .Depois disto é só colocá-los devidamente na roda para mais uma intensa utilização


No seguimento de ideias ao mexer no aperto rápido da roda podemos rever o estado dos parafuso dos rotores (em caso de travão de disco).Deve-se então retirá-los recorrendo a uma chave torx T25 lubrificá-los e usar loctite nas pontas dos mesmos logo de seguida reapertá-los.


Mantendo as nossas atenções na roda vamos agora falar em como fazer uma pequena manutenção aos «nipples» dos aros das rodas (eu tb n sabia que se fazia).Usando um pouco de óleo/lubrificante da corrente deitar um pouco sobre a cabeça do «nipple» e deixar escorrer sobre o mesmo.Ista irá prevenir em que o «nipple» se funda com o aro da roda numa situação de os apertar.Ao terminar retirar o excesso de óleo/lubrificante para não agarrar impurezas.


Agora vou falar em como remover os aneis da roda pedaleira pois normalmente durante o Inverno é quando ocorre um maior desgaste.Quer seja para os substituir ou para limpar o processo é o mesmo .Para remover os parafusos usar uma chave allen de 5 mm e de uma chave de fendas para a outra extremidade e com achave allen rodar no sentido contrario ao dos ponteiros do relógio para o desencaixar.Depois de os retirar lubrificá-los e reapertá-los.

Se for o caso de substituir/limpar os aneis da roda pedaleira retirá os parafusos todos e lembrar sempre as posições de cada um .Para isso usar um giz para não haver confusões quando os assentar novamente na roda pedaleira.Ter em atenção que cada anel tem um tamanho, para identificá-lo tem uma indicação no mesmo (normalmente no interior).Na colocação verificar a posição de encaixe na pedaleira que cada anel tem.



Para terminar irei falar do uso dos auto-colantes de proteção para o quadro da bicicleta.normalmente não reparamos mas a fricção dos cabos no quadro provoca um desgaste na pintura e consequentemente uma marca para sempre no nosso querido quadro!Para evitar isso convem usar uns autocolantes próprios (diria até mais vinis transparentes) para usar nessas partes onde passam os cabos(ver imagem).


Esta intervenções são intervenções que quem se achar com aptidões para tal e gostar de ocupar o tempo são fáceis de se fazer e com resultados prácticos na longevidade dos compomentes.Claro está se não tens jeito para isto deixa para o teu mecânico estas manutenções excepto a da sapatilha pois ninguém é obrigada a gramar o cheiro dos teus pés!
Mais manuntenções se podem fazer como a limpeza e lubrificação da corrente (essencial )depois de um treino pois é onde se acumula muito lixo e impurezas.Um maneira de limpar é com um acesório a que chamo limpa-correntes mas de quando em vez retiro a corrente( qd acjo que com isso já não vai lá) e deixo de um dia para o outro num garrafão de plastico com desengordurante para limpeza total.

Espero que tenham gostado destas dicas e que sejam uteis para manter a vossa bina asseada e sempre pronta para os trilhos.
Boas pedaladas

2 comentários:

RicBike disse...

Excelente Post, bem mesmo em boa altura com este tempo.
Só me apetece "ganir" nunca mais vem o SOL...

Ricardo El Solitário disse...

Pois como a chuva parece que veio para ficar resolvi colocar estas dicas faz sempre jeito .
Também eu já estou com saudades do Sol e do tempo seco...o que nos vale podemos andar com qq tipo de tempo.
Boas pedaladas