BTT

22:23

Leitura:"Pelas linhas da Nostalgia"

Publicada por Ricardo El Solitário


Olá a todos nem só de bicicletas falamos por cá e dai a criação deste post...ok tem só um pouco a haver com bicicletas!

Queria vos falar de um livro que comecei a lêr de nome "Pelas Linhas da Nostalgia" da editora Edições Afrontamento(será que irei ficar maldisposto!!!)que estou a achar interessante pois divulga um pouco as linhas de Portugal que não são usadas e estão deixadas ao abandono outras (miraculosamente)aproveitadas para estradões dedicadas a ciclovias ou caminhos pedrestes.
Deixo aqui um resumo do livro que para quem gosta de um pouco de história sem ser muito penoso pois está ligado ao BTT de turismo!
Passo a citar um breve trecho do livro:
"Tal como as vias romanas, os trilhos dos contrabandistas, as estradas militares ou os itinerários de transumância pastoril, estes caminhos são parte integrante do nosso património e da nossa memória colectiva. Não os deixar desaparecer, popularizá-los e dar-lhes nova vida é o objectivo deste livro. Desde as linhas de via estreita do Douro e Vouga, aos raios da antiga «Estrela de Évora», sugerem-se caminhadas sobre troços ainda com carris, trajectos em ciclovias ou itinerários por plataformas onde em tempos houve linha e que, às vezes, já mal se reconhecem, quando não se confundem com outras veredas."
"Nos últimos 20 anos , Portugal perdeu 700 Kms de vias férreas, desactivadas em nome da boa gestão, do controlo do défice e dessa abstracção onde tudo cabe chamada progresso. À evidência, nem o país ficou mais rico, nem as populações mais bem servidas."
Só o folheei um pouco e posso adiantar um livro com muitas fotografias lindíssimas(assim não é tão chato), e bastantes fotografias de arquivo. O livro perfeito para conhecer um pouco mais da nossa história ferroviária(adoro comboios) e o estado degradante a que ela chegou.Uma leitura garantidamente interessante .

0 comentários: